Energia
Cooperativa

Mapa de
Iniciativas

  • Cooperativa de Consumidores de Energia (Enercred)
  • Cooperativa de Consumidores de Energia (Enercred)
  • Cooperativa de Consumidores de Energia (Enercred)

Cooperativa de Consumidores de Energia (Enercred)

2017

Ano de
Fundação

6885

Capacidade de geração (kW)

9033

Pessoas
envolvidas

7560

Unidade consumidoras
recebendo créditos

Cooperativa

Cooperativa de Consumidores de Energia (Enercred)

Promover a energia limpa e sustentável para as próximas gerações. Essa é a principal missão da Enercred, cooperativa que tem por objetivo promover a sustentabilidade e oferecer aos cooperados créditos de energia limpa. Fundada em 2017, a Enercred é pioneira no modelo de assinatura de energia renovável para consumidores residenciais e comerciais no estado de Minas Gerais.

A Enercred atualmente conta com duas usinas de energia solar fotovoltaica em operação localizadas em Pedralva-MG que juntas somam 180 kWp de potência instalada fornecendo energia renovável e descentralizada para 200 residências conectadas à CEMIG. Outras usinas estão em fase de planejamento e construção e a cooperativa planeja concluir o ano de 2020 com capacidade para gerar energia para aproximadamente 3.000 pessoas.

Os primeiros movimentos da Enercred começaram em 2015, quando José Otávio Bustamante, CEO da startup e engenheiro eletricista, criou o protótipo de um painel solar híbrido. No mesmo ano, o projeto foi aplicado na fase de protótipos de um curso online do MIT – Massachusetts Institute of Technology.

O curso com 28 mil pessoas de 190 países teve centenas de projetos inscritos, dos quais somente 20 foram escolhidos para uma fase de aprendizado presencial. O painel solar híbrido estava na lista. A partir daí, Bustamante decidiu aprofundar-se no segmento e em contato com empresas norte-americanas conheceu o modelo de energia compartilhada. Com isso, uniu sua ideia ao novo conceito e criou a Enercred: um negócio focado na democratização do acesso à energia limpa.

No avanço da cooperativa, o modelo de negócio foi desenvolvido e apresentado no Desafio Solar para Negócios Sociais promovido pelo Greenpeace, em 2016. Após quase um semestre de programa, a Enercred venceu o desafio. Paralelamente, a startup recebeu investimento para o projeto piloto de uma fazenda solar em Minas Gerais.

Meses antes, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) havia atualizado sua resolução normativa 482, permitido a geração compartilhada de energia. Desde então, a Enercred evolui sua atuação com o serviço pioneiro de créditos de energia limpa e amplia sua oferta com a expansão de suas micro e mini usinas de energia renovável.

A Enercred segue a agenda das Organizações das Nações Unidas (ONU), em que são elencados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma série de metas e compromissos para um mundo mais justo e menos desigual. O trabalho da Enercred é aderente ao ODS 7, no qual fica estabelecido que até 2030 seja assegurado o acesso confiável, sustentável, moderno e com preços acessíveis à energia para todos e todas.

A Enercred planeja atingir 100mil pessoas como cooperadas e cooperados em 2021.

 

Saiba mais em:


Todos os direitos reservados.