Energia
Cooperativa

Blog

  • Energia renovável gera empregos e possui custos cada vez menores

Energia renovável gera empregos e possui custos cada vez menores

Blog

Na última década os custos de geração de energia renovável caíram drasticamente. Isso ocorreu devido a fatores como aumento das economias de escala, maior competitividade em cadeias de suprimentos e constantes melhorias nas tecnologias. Quanto à geração de empregos, estima-se que em 2020 cerca de 12 milhões de pessoas foram empregadas no setor de energias renováveis direta e indiretamente. 

Esses insights foram retirados de dois relatórios divulgados neste ano pela IRENA: o relatório anual sobre custos de geração de energia renovável em 2020 e a revisão anual de 2021 de energia renovável e empregos.  

 

Custos de geração de energia renovável em 2020

Para avaliar os custos relativos à geração de energia renovável em escala global, a IRENA realizou uma análise que abrange cerca de 20.000 projetos de geração de energia renovável, assim como dados de 13.000 leilões e contratos de compra de energia. 

De 2010 a 2020 os custos de tecnologias de energia solar e eólica reduziram de forma muito significativa. Isso ocorreu devido ao apoio político direcionado e ao impulso da indústria, e fez as tecnologias passarem de um nicho caro para uma competição direta com os combustíveis fósseisOs custos de instalação de energia solar fotovoltaica reduziram em 81%, como mostrado na imagem abaixo, que também evidencia a variação que ocorreu nos custos de outras tecnologias neste período.

 

(Imagem: Custo de instalação por tecnologia, 2010-20 | Fonte: Adaptado de IRENA)

Os custos para gerar energia renovável podem ser menores do que a opção mais barata de geração por combustível fóssil. Os 644 GW de capacidade de geração de energia renovável acumulados desde 2010 foram adicionados com custos inferiores quando comparados à geração por combustível fóssil. Nos países emergentes foram 534 GW adicionados desde 2010, e isso poderá reduzir os custos de geração de eletricidade em até US$ 32 bilhões em 2021. Neste processo, ficou evidente que as energias renováveis se tornarão dominantes no sistema elétrico, uma vez que os custos estão cada vez menores e mais atrativos e, ainda, a adoção destas tecnologias contribui para a descarbonização do setor.   

Olhando apenas para o ano de 2020, foram 162 GW de capacidade de geração instalados custando menos do que a opção de combustível fóssil mais barata, o que representa cerca de 62% do total de adições de capacidade de geração naquele ano. Estes projetos de geração de energia renovável têm o potencial de reduzir custos em eletricidade em pelo menos US$ 6 bilhões por ano nos países emergentes, quando comparados com o custo de adicionar a mesma quantidade de geração por combustível fóssil. 

Além destas informações, no documento também é abordada uma revisão das tendências de custo das tecnologias, seus componentes e agentes influenciadores em detalhes. Para saber mais dados e conclusões encontradas pela IRENA acesse o relatório completo aqui. 

 

Geração de empregos em energia renovável em 2021

No geral, as energias renováveis se saíram melhor do que a energia convencional durante o período de pandemia de COVID-19. Quanto à geração de empregos, o início de 2020 foi marcado por atrasos em projetos e interrupções no fornecimento de materiais e, depois, por picos de atividade. 

Dentre as fontes de energia renovável, a indústria solar fotovoltaica é a que emprega o maior número de trabalhadores, seguida pela de bioenergia (biocombustíveis líquidos, biomassa sólida e biogás), hidrelétrica e eólica. No total são cerca de 4 milhões de trabalhadores na energia fotovoltaica, o equivalente a um terço da força total de trabalho do setor.

 

(Imagem: Empregos em energia renovável por tecnologia, 2012-20 | Fonte: IRENA)

 

De acordo com as estimativas divulgadas, a China lidera com cerca de 58% dos empregos gerados em energia solar fotovoltaica e o Brasil está dentre os top 10 do ranking, ocupando a sétima posição.

(Imagem: Empregos em energia fotovoltaica: 10 principais países | Fonte: IRENA)

 

Considerando os empregos em energias renováveis como um todo, o Brasil também possui grande destaque, com cerca de 1,2 milhão de empregos, sendo a maioria em biocombustíveis. 

 

(Imagem: Empregos em energia renovável por região | Fonte: IRENA) 

 

De todos os trabalhadores do setor a nível global, um terço é composto por mulheres, porém, sua participação varia amplamente entre países e setores. Um dos pontos de destaque do relatório é que a pandemia teve um impacto negativo na igualdade de gênero quanto à empregabilidade nas energias renováveis, ampliando ou preservando desigualdades já existentes. 

Dentre as projeções realizadas pela IRENA, o setor de energia renovável poderia ser responsável por 38 milhões de empregos até 2030 e cerca de 43 milhões até 2050. Estes números são estimados considerando as diretrizes globais para atender às metas estipuladas pelo Acordo de Paris e representam o dobro do número estimado tendo como contexto as políticas e promessas atuais. A estimativa quanto à distribuição dos postos de trabalho entre as fontes para 2050 é de 19,9 milhões de empregos em fotovoltaica, seguida por bioenergia (13,7 milhões), eólica (5,5 milhões) e energia hidrelétrica (3,7 milhões). 

No relatório completo também são explorados aspectos como fatores que influenciam na geração de empregos, diversidade entre os trabalhadores e os impactos da pandemia do Covid-19 no setor. 

 

O que é a IRENA?

Agência Internacional para as Energia Renováveis (IRENA) é uma organização intergovernamental que apoia os países em sua transição para um futuro sustentável energeticamente. A IRENA atua como a principal plataforma para cooperação internacional, um centro de excelência e um repositório de políticas, tecnologia, recursos e conhecimento financeiro sobre energia renovável. 

 

Autora: Laís Cassanta Vidotto (Instituto IDEAL)  

Revisão Técnica: Kathlen Schneider (Instituto IDEAL), Camila Japp (DGRV) e Monica Lehmann (DGRV) 

Publicado em 26/11/2021  

 


Saiba mais

Relatório completo: Custos de geração de energia renovável em 2020

Relatório completo: Energia renovável e empregos – revisão anual de 2021

Panorama global sobre energias renováveis conforme relatório da REN21


Todos os direitos reservados.
Assine news